Miomas uterinos afetam a fertilidade da mulher?

Algumas informações importantes sobre essa condição que afeta cerca de 50% das mulheres entre 30 e 50 anos.

Primeiro de tudo, é importante dizer que os miomas são tumores benignos, ou seja, não cancerosos, que estão presentes em certa de metade das mulheres entre 30 e 50 anos. Um mioma nada mais é do que a multiplicação anormal das células do miométrio – o músculo do útero – mas essa multiplicação celular na maioria das vezes não afeta a fertilidade feminina. Em apenas 4% dos casos, o mioma é a causa da infertilidade feminina e deve ser operado.

A maioria dos miomas são descobertos em exames ginecológicos de rotina, como o ultrassom transvaginal. Geralmente são assintomáticos, mas em raras situações, os miomas podem causar dor pélvica constante, fluxo menstrual intenso e longo, dificuldade de evacuar e urinar, entre outros.

Não há uma causa aparente para o surgimento dos miomas, mas entre as possibilidades estão:
· Desequilíbrio hormonal
· Alteração genética das células do miométrio
· Ter pessoas na família que também apresentam essa condição
· Menstruação precoce
· Dieta a base de carne vermelha

É importante ressaltar que, ao realizar um tratamento de fertilidade, é possível que sejam verificados miomas no útero da mulher, mas nem sempre eles são responsáveis pela infertilidade do casal e cada caso deve ser observado individualmente para garantir o sucesso da gravidez. Por isso, é sempre importante buscar orientação médica para cada caso.
Ainda tem duvida? Clique aqui e saiba mais.