Quando recorrer a um banco de sêmen para conseguir engravidar?

O diagnóstico de infertilidade ligado a fatores masculinos é mais comum do que se imagina, mas ainda existem muitas dúvidas a respeito, como por exemplo, quando recorrer a um banco de sêmen.

Em 40% dos casos em que um casal não consegue engravidar, a causa dessa infertilidade está ligada a fatores masculinos. Isso não significa que um homem com baixa contagem de espermatozoides precise recorrer a um banco de esperma em sua primeira tentativa de chegar em uma gravidez. Existem técnicas de coleta de espermatozoide para realização da fertilização in vitro, como a Extração Testicular de Espermatozoides, também conhecida como TESE.

Mas existem casos em que o homem realmente é estéril, ou seja, não produz espermatozoides em nenhuma situação. Neste caso, o casal precisará recorrer a um banco de sêmen para poder engravidar. O processo é simples: o casal entra em contato com o baco de sêmen e informa as características desejadas no doador do esperma, como cor do cabelo, cor da pele, cor dos olhos e muitas outras informações de interesse do casal, que então, escolhe o doador que melhor se encaixa em suas expectativas familiares.

Definido o doador do sêmen, a Clínica segue com o procedimento de fertilização in vitro normalmente.

Ainda tem duvida? Clique aqui e saiba mais.