Relação entre endometriose e o sucesso da FIV

Segundo dados da OMS, mais de 6 milhões de mulheres sofrem com a endometriose no mundo. Saiba como isso afeta os resultados de uma fertilização in vitro.

A Human Reproduction Update publicou um artigo muito interessante sobre como a endometriose poderia interferir no sucesso de uma FIV. Não se trata de um estudo formal, mas ele já aponta para diversos caminhos interessantes quando o assunto é a evolução das técnicas de reprodução assistida.

 

Durante os estudos , foi possível identificar que mulheres com endometriose mais avançada (estágios III ou IV) tiveram piores resultados na FIV. Porém, mulheres com endometrioma (endometriose no ovário) tiveram resultados semelhantes àquelas de mulheres sem endometrioma.

 

O que podemos concluir é que a menor taxa de sucesso na FIV pode estar relacionada à redução da resposta ovariana, à menor qualidade dos óvulos e dos embriões, além de possíveis complicações decorrentes de, alterações imunológicas e inflamatórias.

 

É importante ressaltar que o estudo não indica que a endometriose afeta diretamente a implantação embrionária nem aumenta o risco de alterações genéticas no bebê.

 

Se você tem endometriose e está pensando em fazer um tratamento para engravidar, leia também este link: http://www.vivita.com.br/infertilidade/endometriose/

 

É muito importante conversar com um especialista em reprodução humana para buscar uma alternativa específica para o seu caso clínico e, assim, ter mais chances de sucesso na FIV.

Ainda tem duvida? Clique aqui e saiba mais.