Fator ovulatório

Causas de infertilidade

As dificuldades ovulatórias são muito comuns. Geralmente ocorrem por distúrbios hormonais impedem que os ovários liberem os óvulos. A maior causa de anovulação é a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP).

ovario-policistico

O fator ovulatório também é muito comum quando se fala em infertilidade feminina. Na maioria das vezes, o que ocorre é um fenômeno em que distúrbios hormonais impedem que os ovários liberem os óvulos, situação que chamamos de anovulação.

A maior causa de anovulação é a síndrome dos ovários policísticos (SOP), condição caracterizada por irregularidade menstrual (muitas vezes, a menstruação atrasa alguns dias) e por aumento dos pelos. A foto ao lado representa a imagem de um ovário micropolicístico visto no exame de ultrassom.

Outras causas mais frequentes de anovulação estão relacionadas aos distúrbios da tireoide e ao aumento da prolactina.

Quando se fala em distúrbios ovulatórios, não podemos nos esquecer de considerar a idade da mulher. Como sabemos, as mulheres nascem com um estoque de óvulos que vai sendo utilizado ao longo de sua vida. Desse modo, com o passar do tempo, essa reserva de óvulos diminui, assim como sua qualidade, o que pode dificultar a ocorrência da gravidez. Por isso, há maior chance de gestação até os 35 anos de idade. Após esta idade, as chances de gravidez vão diminuindo gradativamente e essa diminuição pode ser drástica após os 37 anos.

Obviamente, isso depende muito do organismo de cada mulher e os tratamentos para engravidar disponíveis atualmente resolvem as possíveis dificuldades na imensa maioria dos casos. O que deve ter-se em mente é que, após os 35 anos, e principalmente após os 37, a mulher não deve perder tempo se deseja engravidar.

A avaliação do potencial ovulatório feminino é realizado através de alguns exames:

Ultra-som: através desse método, espera-se mensurar a reserva de óvulos da mulher;
Dosagens hormonais: através da coleta de alguns hormônios (FSH, LH e estradiol), geralmente entre o segundo e o quinto dia da menstruação, procuramos mensurar o funcionamento ovariano de forma indireta;
Dosagens do hormônio anti – mulleriano e inibina B: São hormônios produzidos pelos ovários e que também podem dar importantes sinais de como esse órgão está funcionando.
Ainda tem duvida? Clique aqui e saiba mais.

Artigos Relacionados

89b7a-filhos-apos-40-web-300x149
Posso engravidar após 40 anos?

Sim, é possível. Mas isso depende da sua função ovariana.

saiba mais +
doacao-de-ovolus
Programa de Doação de Óvulos

Conheça nosso programa de doação de óvulos e saiba como isso pode ajudar no seu tratamento.

saiba mais +