Fator ovulatório

Causas de infertilidade

O fator ovulatório é um problema constante que pode causar dificuldade para engravidar. Alguns distúrbios hormonais podem causar inconstância no ciclo menstrual ou até mesmo a amenorreia, que é a ausência da menstruação. Entre eles, o diagnóstico mais comum é o da Síndrome dos Ovários Policísticos.

ovario-policistico

A infertilidade ligada a fatores ovulatórios normalmente está relacionada a algum tipo de distúrbio hormonal. Este distúrbio pode causar a anovulação, ou seja, a ausência da ovulação e por isso, a mulher não consegue engravidar.

A principal causa da anovulação é a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) , uma doença caracterizada pela irregularidade menstrual, pelo ganho de peso, crescimento anormal dos pelos corporais e faciais, entre outros sintomas.

Mas a anovulação também pode ser causada por distúrbios da tireoide e pelo aumento da prolactina.

Quando se fala em fatores ovulatórios, é preciso considerar a idade da mulher. Isso porque os ovários já nascem com um número exato de óvulos e eles serão maturados mês a mês até que, em uma determinada idade, que varia de mulher para mulher, esta reserva diminui – assim como a qualidade dos óvulos – o que pode dificultar a ocorrência de uma gravidez. Por isso, há maior chance de gestação até os 35 anos de idade. Após esta idade, as chances de gravidez vão diminuindo gradativamente e essa diminuição pode ser drástica após os 37 anos.

Atualmente, os tratamentos para engravidar disponíveis resolvem as possíveis dificuldades na imensa maioria dos casos. O que deve-se ter em mente é que, toda mulher que deseja engravidar, deve levar em consideração a sua idade para aumentar suas chances de gravidez.

 

Potencial Ovulatório

Alguns exames são indicados para avaliar as chances de gestação de uma mulher. Entre eles:

  • Ultrassom: através desse método, é possível mensurar a reserva de óvulos da mulher;
  • Dosagens hormonais: a avaliação dos níveis hormonais (FSH, LH e estradiol) permite mensurar o funcionamento ovariano de forma indireta;
  • Dosagens do hormônio Anti-Mulleriano e Inibina B: estes hormônios são produzidos pelos ovários e são importantes para avaliar o funcionamento dos mesmos.

 

Ainda tem alguma dúvida? Clique aqui e fale com a gente.
Gostou desse conteúdo? Clique aqui e curta nossa página no Facebook para acompanhar nosso conteúdo informativo.

Nota: por se tratar de fatores biológicos, físicos e individuais de cada paciente, a realização do tratamento não é garantia de gravidez.
Ainda tem duvida? Clique aqui e saiba mais.

Artigos Relacionados

89b7a-filhos-apos-40-web-300x149
Posso engravidar após 40 anos?

Sim, é possível. Mas isso depende da sua função ovariana.

saiba mais +
doacao-de-ovolus
Programa de Doação de Óvulos

Conheça nosso programa de doação de óvulos e saiba como isso pode ajudar no seu tratamento.

saiba mais +