Fator uterino

Fatores mais raros da infertilidade, porém não menos importantes

Raras, mas não menos importantes, algumas alterações morfológicas da cavidade uterina podem causar infertilidade e devem ser levadas em consideração por mulheres que estejam tentando engravidar.

O fator uterino é um dos problemas mais raros quando o assunto é infertilidade feminina. Diversas condições podem acometer o útero e causar deformidades morfológicas dentro do órgão, o que pode ocasionar dificuldades para engravidar ou causar abortos repetidos. As alterações na cavidade uterina podem ter diversas causas, como por exemplo:

  • Miomas que invadem a cavidade uterina;
  • Pólipos endometriais (protuberâncias que se formam no endométrio);
  • Sinéquias uterinas (cicatrizes dentro do útero que distorcem sua cavidade);
  • Malformação uterina.

Estas distorções podem levar a dificuldade de fixação dos embriões no útero, por isso, é necessário fazer uma avaliação do órgão por meio de exames de ultrassom, histerossalpingografia, histerossonografia, histeroscopia e/ou Ressonância Nuclear Magnética da pelve .

Dentre todas as opções de diagnóstico da cavidade uterina, a histeroscopia é considerada o melhor exame, pois ela permite uma visualização completa e direta do útero. Para tanto, uma câmera é introduzida dentro do útero da paciente e, por meio de imagens, o médico pode identificar as possíveis deformidades que podem causar a infertilidade da mulher.

Fator uterino da infertilidade- alterações no útero

Os tratamentos disponíveis para a resolução das alterações uterinas normalmente são cirúrgicos e o tipo de cirurgia adequado depende do diagnóstico realizado. Os modelos cirúrgicos mais utilizados são minimamente invasivos (histeroscopia cirúrgica e videolaparoscopia) e têm altas taxas de resolução.

 

 

Ainda tem alguma dúvida? Clique aqui e fale com a gente.
Gostou desse conteúdo? Clique aqui e curta nossa página no Facebook para acompanhar nosso conteúdo informativo.

Nota: por se tratar de fatores biológicos, físicos e individuais de cada paciente, a realização do tratamento não é garantia de gravidez.
Ainda tem duvida? Clique aqui e saiba mais.

Artigos Relacionados

89b7a-filhos-apos-40-web-300x149
Posso engravidar após 40 anos?

Sim, é possível. Mas isso depende da sua função ovariana.

saiba mais +
doacao-de-ovolus
Programa de Doação de Óvulos

Conheça nosso programa de doação de óvulos e saiba como isso pode ajudar no seu tratamento.

saiba mais +