Útero de substituição

Tratamento para engravidar

O útero de substituição, ou barriga de aluguel, é um tratamento cada vez mais importante em Reprodução Humana.

Quem precisa deste tipo de tratamento?

As mulheres candidatas ao tratamento com útero de substituição ou barriga de aluguel são:

  • Pacientes que, por alguma doença, tiveram que realizar a retirada do útero por cirurgia;
  • Pacientes que nasceram com alguma malformação uterina incompatível com gestação (útero infantil, útero rudimentar ou ausência congênita de útero);
  • Pacientes com presença do útero, mas com alguma doença que impeça a ocorrência e/ou evolução de uma gravidez.

Como funciona o tratamento?

O casal que quer ter seu filho, mas precisa de útero de substituição será submetido a um tratamento de fertilização “in vitro”. Porém, no momento da transferência dos embriões, estes serão transferidos no útero da doadora temporária de útero. Durante a indução de ovulação da paciente que precisa do útero de substituição, a doadora temporária do útero estará passando por um tratamento simples de preparação de seu endométrio para recepção dos embriões. São medicações normalmente tomadas por via oral, sem grandes repercussões clínicas ou efeitos colaterais graves.

Aspectos Legais:

No Brasil, o útero de substituição, popularmente conhecido como barriga de aluguel não pode ter fins comerciais, ou seja, não se pode pagar para que uma pessoa tenha uma gestação para uma outra. Assim, o termo barriga de aluguel não é muito apropriado. Por determinação do Conselho Federal de Medicina, as doadoras temporárias do útero devem pertencer à família de um dos parceiros do casal que precisa do útero de substituição num parentesco consanguíneo até o quarto grau (primeiro grau – mãe; segundo grau –irmã ou avó; terceiro grau – tia; quarto grau – prima), em todos os casos, deve ser respeitada a idade limite de até 50 anos.

Nota: por se tratar de fatores biológicos, físicos e individuais de cada paciente, a realização do tratamento não é garantia de gravidez.
Ainda tem duvida? Clique aqui e saiba mais.

Artigos Relacionados

fator-ovulatorio
Conheça as dificuldades ovulatórias mais comuns

As dificuldades ovulatórias geralmente ocorrem por distúrbios hormonais que impedem os ovários de liberarem os óvulos.

saiba mais +
Tratamento-casais-homoafetivos
Tratamento Casais Homoafetivos

Agora, todos os casais podem construir uma família, independentemente do estado civil ou orientação sexual.

saiba mais +